25/05/2011

CURIOSIDADES E FATOS SOBRE A VENEZUELA



O nome oficial da Venezuela é República Bolivariana da Venezuela.

O nome oficial de Caracas, a capital, é Santiago de León de Caracas.

A versão mais aceita para o surgimento do nome Venezuela é a de que, ao chegar na região pouco tempo depois do descobrimento da América, o italiano Américo Vespúcio encontrou nativos cujas casas haviam sido construídas sobre estacas de madeira fixas no lago Maracaibo. Vespúcio achou que as construções eram semelhantes às da cidade de Veneza e, por isso chamou, a região de Venezuela, ou seja, Pequena Veneza.

Além do hino, da bandeira e de outros símbolos comuns à maioria dos países, a Venezuela tem como símbolos nacionais uma árvore, uma flor e um pássaro. Típicos do país, a árvore é o araguaney (Tabebuia chrysantha), o pássaro é o turpial (Icterus icterus) e a flor, a orquídea (Cattleya mossiae).

Tal como o Brasil, a Venezuela é dividida em estados, além de um Distrito Federal. Os estados mais populosos são Zulia, Miranda, Bolívar, Carabobo, Aragua e Lara.

O Brasil não é o único país com um estado chamado Amazonas. O Peru e a Venezuela também possuem estados com esse nome – que, aliás, fazem fronteira com a Amazônia brasileira.

Um dos nomes mais comuns na geografia venezuelana é Símon Bolívar, herói da independência do país. Além de um estado chamado Bolívar, existe uma cidade, uma montanha…. Aliás, a moeda venezuelana é o bolívar. E o nome do país é República Bolivariana da Venezuela. E o presidente Nicolás Maduro segue uma ideologia de esquerda chamada por ele e por seus seguidores de bolivariana.


CONTINUE LENDO e descubra mais curiosidades sobre esse e outros assuntos em nosso novo site de curiosidades.


Clique aqui para acessar as nossas dicas e curiosidades sobre os países mais visados para estágio no exterior.

Clique aqui e saiba quais são as 1.000 mais incríveis curiosidades do nosso blog.

Clique aqui e veja as curiosidades e citações da nossa página no Facebook.

20/05/2011

CURIOSIDADES INCRÍVEIS SOBRE A CIDADE DE SÃO PAULO



Com uma população de 11 037 593 de habitantes, São Paulo é a sexta cidade mais populosa do mundo, perdendo apenas para Xangai (China), Bombaim (Índia), Karachi (Paquistão), Déli (Índia) e Istambul (Turquia).

Em termos de região metropolitana, São Paulo é a quarta maior do mundo, atrás de Tóquio (Japão), Seul (Coréia do Sul) e Cidade do México (México).

O Distrito mais populoso é o de Grajaú (Zona Sul), com 350 mil habitantes.

São Paulo é também uma das cidades com maior número de automóveis: 7 milhões.

O PIB da cidade é de R$ 320 bilhões, o que corresponde a 15% do PIB de toda a América do Sul.

Sozinha, São Paulo produz 12% do PIB do Brasil e o décimo maior PIB do mundo.

Existem mais de 12 mil restaurantes na cidade. Desses, 6 mil são pizzarias.

As pizzarias de São Paulo produzem mais de 1 milhão de pizzas por dia, o que equivale a mais ou menos 720 por minuto. O setor fatura R$ 4 bilhões ao ano.

Depois da pizza, o alimento mais consumido nos restaurantes da cidade é o churrasco, certo? Errado. Apesar do grande número de churrascarias (500), o segundo alimento mais popular entre os paulistanos é o sushi. São produzidos cerca de 17 mil sushis por hora.

São 3,2 mil padarias que produzem 7 milhões de pãezinhos por dia.


CONTINUE LENDO e descubra mais curiosidades sobre esse e outros assuntos em nosso novo site de curiosidades.

Clique aqui para acessar as 1 000 melhores curiosidades do nosso blog.

Clique aqui e veja mais curiosidades sobre esse e outros assuntos no Facebook.

Clique aqui e confira nossas dicas de passeios em São Paulo

18/05/2011

TUDO (OU QUASE TUDO) SOBRE GAYS, LÉSBICAS, TRANSEXUAIS...



O termo homossexual nasceu da junção da palavra grega “homos” (igual) e da latina “sexus” (sexo) e é usada para se referir à pessoa que sente atração por outras do mesmo sexo.

Quanto à palavra lésbica (do latim lesbos, referência à ilha grega de Lesbos), ela é utilizada para se referir a mulheres que sentem atração e/ou mantém relações com outras mulheres.

Já o termo bisexual (ou bissexualidade) é usado para designar pessoas que sentem atração e/ou mantém relações sexuais com indivíduos de ambos os sexos.

De origem inglesa, o termo “gay” (que significa alegre, jovial) é usado no mundo todo para designar o indivíduo masculino ou feminino homossexual.

Travesti é uma palavra associada à pessoa que costuma “travestir-se” – disfarçar-se ou vestir-se com roupas do sexo oposto. O travesti é também chamado de eonista.

A palavra transgênero é normalmente utilizada para se referir à pessoa cujo modo de ser e sentir o mundo não condiz com a aparência física (principalmente genital). Podemos afirmar que um transgênero é uma mulher num corpo físico de homem ou homem num corpo de mulher.

Drag queen é um têrmo de origem estrangeira usado para se referir aos artistas perfomáticos que se travestem muitas vezes de maneira espalhafatosa e cômica para apresentações em eventos ou casas noturnas.

Queer é uma palavra inglesa usada como significado de “esquisito”, “estranho”. Mas há quem alegue ter ela vindo do têrmo quare, que quer dizer “questionado” ou “ desconhecido”. A palavra foi, durante muito tempo, vista como ofensiva pelos homossexuais. Hoje, no entanto, é usada para denominar pessoas dispostas a romper com as normas heterossexuais estabelecidas. Existem programas de TV, grupos ativistas gays e publicações que utilizam a palavra queer.

Crossdresser é o termo para pessoas que usam peças de vestuário ou se vestem totalmente como o sexo oposto, o que não significa que o adepto do crossdressing seja homossexual.

A palavra androginia refere-se a algo ou alguém que não é feminino, nem masculino. Ao afirmar que determinado comportamento ou personagem é andrógino, estamos querendo dizer que não pertence nem a um sexo nem outro. Um exemplo de personagem andrógino: Ziggy Stardust, encarnado por David Bowie nos anos 70.

Hermafrodita vêm de hermafrodito (filho de Hermes e Afrodite, que nasceu com os órgãos sexuais dos dois sexos) e é justamente usado para se referir às pessoas nascidas com genitais dos dois sexos. Já foram registrados casos de pessoas nascidas com aparência de mulher, mas com cromossomos XXY.

A Organização Mundial da Saúde retirou a homossexualidade da sua lista de doenças mentais em 1990. No Brasil, o Conselho Federal de Psicologia não mais considera a homossexualidade um desvio de comportamento desde 1985. Mas desde 1975 que a Associação Americana de Psicologia deixou de considerar a homossexulidade uma doença, o que faz dela uma das entidades pioneiras.

A Anistia Internacional considera a discriminação contra homossexuais uma violação dos Direitos Humanos desde 1991.

Acredita-se que os habitantes das ilhas Salomão, Fiji e Nova Guiné já exercitavam a homossexualidade ritualística desde 8.000 a.C..

O primeiro casal do sexo masculino de que se tem notícia viveu por volta de 2.400 a.C. no Egito. Existem registros do casal Niankhkhnum e Khnumhotep se beijando e cercado de herdeiros.

As relações homossexuais eram comuns na antiga Grécia. Elas foram praticadas (e até defendidas) por muitos gregos ilustres: Sócrates, Platão, Aristóteles… O tipo de relação mais comum era entre um homem mais velhos e um jovem (efebo).

Clique aqui para acessar as 1 000 mais incríveis, estranhas e interessantes curiosidades do Mais Que Curiosidades.

Clique aqui e veja outros fatos e dados curiosos no Facebook.